Caso de Uso
Avaliação de Risco

O que é?

A avaliação de riscos é um processo de medição da segurança dos processos, que tem como objetivo principal identificar os riscos potenciais que estão presentes no ambiente de trabalho. Estes são identificados de acordo com situações, processos ou equipamentos que não estejam em conformidade, e que podem por em perigo os trabalhadores.


A ferramenta é essencial quando o trabalho envolve riscos elevados, como é o caso da indústria. A Análise de Risco é um processo que ajuda a identificar e gerir problemas que possam prejudicar as principais iniciativas ou projetos de negócios.

Como é implementado?

O processo começa com a identificação de possíveis riscos e perigos, que estimado o seu nível de ameaça, são descritos como podem ser materializados no local de trabalho. Isso inclui a elaboração de planos de projeto, dados financeiros, protocolos de segurança, previsões e outros.

Da mesma forma, riscos são distintos de perigos, pois (1) um risco é a probabilidade de um perigo acontecer e (2) e perigo é algo que pode causar danos, como líquidos perigosos, eletricidade e outros. Portanto, o processo de Avaliação de Risco inclui 6 etapas obrigatórias que os especialistas devem seguir para garantir uma execução adequada:

  1. Perigos potenciais são identificados.

  2. Determinação de quem pode ser impactado pelo perigo.

  3. Avaliação do risco em relação a sua probabilidade de ocorrência.

  4. Definição de táticas de mitigação do risco.

  5. Implementação e monitorização das ações.

  6. Revisão e atualização da avaliação previamente elaborada.

Como as tecnologias da Indústria 4.0 podem influenciar o processo?
Card cap
PASSO 1: Digitalização de Processos

Plataformas digitais, trazidas pela Indústria 4.0, permitem a digitalização de todos os processos, assim como organização do fluxo de trabalhos de toda a equipa. Com as informações de suporte corretas, os trabalhadores podem executar suas tarefas até as tarefas mais complexas, de forma rápida e eficiente. Relatórios automáticos são extraídos de processos que apresentam um output valioso para a melhoria contínua.

Card cap
PASSO 2: Mobilidade de Realidade Aumentada

A Realidade Aumentada aplicada ao contexto industrial permite aumentar a capacidade e segurança dos operadores de campo. Com orientação visual e informações contextuais, os trabalhadores são capazes de executar qualquer processo por conta própria, independentemente de sua complexidade e mantendo maior consciencialização dos perigos que possam surgir.

Benefícios

Outputs visuais

Tomada de decisão

Redução de risco

As informações são extraídas dos processos digitalizados, e centralizadas numa plataforma que ajuda os trabalhadores de campo na execução da tarefa e os gestores na tomada de decisão. A centralização dos dados garante maior visibilidade e controlo, o risco pode ser detetado mais cedo, e a execução é garantida elevando os padrões de produtividade.

Como podemos ajudar?

Além de nossa plataforma de centralização de dados na qual os processos são digitalizados, diferentes inputs são gerados e relatórios são extraídos do controlo de qualidade. Os dados podem ser recolhidos em tempo real na forma de listas de verificação digitais que os trabalhadores devem preencher. Portanto, os trabalhadores não são tendenciosos ao analisar a qualidade dos produtos. Evidências visuais também podem ser fornecidas por trabalhadores de campo, o que torna a análise dos gerentes de qualidade mais precisa e eficiente.

Learn more on how to optimize your risk assessment process with Industry 4.0 technologies?